A semente das mulheres no campo agrícola

As mãos femininas no cultivo da diversidade agro-social

No campo tem mulheres sim senhor, no cultivo de suas crias que são filhos e ou são suas plantações.

Aqui no Estado de São Paulo, temos um bom exemplo que é a OMAQUESP criada há 17 anos atrás, visando a estruturação de mulheres em busca do reconhecimento da sua presença no campo e respeito ao feminismo.

SAIBA MAIS.:  CULTNE DOC - Daniel Delavusca Pt 1

A OMAQUESP, está na organização do seu 9 Encontro, que pela primeira fez será realizado em um Quilombo, o de Caçandoca em Ubatuba.

No seu último encontro, ano de 2018, na cidade de Bauru, tiveram a primeira participação indígena, através dos índios Xavantes.

Neste ano, a organização será por conta da própria entidade, por não ter conseguido apoio de instituições públicas.

Será um encontro maravilhoso, entre as mulheres indígenas, quilombolas e assentadas, em um habitat lindíssimo, entre mar, cachoeira e mata. E neste clima além de discutirem propostas, haverá uma troca de sementes entre as comunidades.

SAIBA MAIS.:  Bruno Cândido relata racismo durante abordagem policial e explica o que deve ser feito nesses casos

Mesmo que não possa ir, você pode colaborar com esta iniciativa das mulhers contribuindo com qualquer valor, através de depósito bancário, segundo os dados abaixo.

Jovelina Rodrigues,
Ag:3011-2. Cc:37529-2 Banco do Brasil!

Serviço –
9 Encontro Estadual de Mulheres Assentadas, Quilombolas e Indígenas do Estado de São Paulo

Dias 20 e 21 de Julho de 2019

Quilombo Caçandoca- cidade de Ubatuba – SP

SAIBA MAIS.:  CULTNE DOC - Zola Star no Afro Gourmet

Início – 10 horas

 

 

 


O post A semente das mulheres no campo agrícola apareceu primeiro em Instituto Portal Afro.

Portal Afro

Deixe uma resposta