Casa de Cultura Negra será entregue neste sábado em Ouro Preto-MG

          Por ASCOM PMOP
                      Foto – Casa de Cultura Negra de Ouro Preto-MG / Crédito – Ane Souz

   

A prefeitura entrega à comunidade ouro-pretana, neste sábado (11), às 17h, as obras de reforma e ampliação da Casa de Cultura Negra de Ouro Preto.
Localizado no terreno ao lado da Igreja de Santa Efigênia, local onde surgiu um dos primeiros núcleos que deu origem à cidade de Ouro Preto, a Casa de Cultura Negra foi idealizada para abrigar as mais diferentes linguagens artísticas, estabelecendo um diálogo entre o passado e o presente, com o compromisso de valorizar, preservar e divulgar a herança da cultura afro-brasileira em suas mais ricas e expressivas vertentes.
O espaço propiciará a realização de atividades sociais e educativas, e o fortalecimento da cultura e tradições do município, abrindo oportunidades e valorizando a história do negro na cidade.
Com esta importante conquista, Ouro Preto abre as comemorações dos 40 anos do título de Patrimônio Cultural Mundial da UNESCO, primeiro concedido ao Brasil, em 1980.
A obra
A obra e o projeto de restauro e ampliação foram integralmente acompanhados pela equipe da Secretaria Municipal de Cultura e Patrimônio, liderada pelo secretário Zaqueu Astoni. Com início em abril de 2018, a Casa foi reformada, ampliada e ganhou mais um módulo com novos serviços e duas arenas, à maneira de anfiteatro, com Adinkra em seu piso.
Os símbolos africanos Adinkra, que significam grandeza, prudência, firmeza e magnanimidade, foram desenvolvidos pelos Akan (grupo linguístico presente em Gana, Costa do Marfim e Togo, países da África Oeste), e se destacam pela utilização de signos para transmitir ideias. Cada um representa um conceito, ditado ou provérbio enraizado na experiência Akan.
O paisagismo do conjunto inclui plantas ligadas à cultura, medicina e religiosidade africanas.
Festa do Reinado de Nossa Senhora do Rosário, Santa Efigênia e São Benedito
Durante a solenidade de entrega da Casa de Cultura Negra de Ouro Preto, a Festa do Reinado de Nossa Senhora, Santa Efigênia e São Benedito receberá o Certificado de Patrimônio Imaterial de Ouro Preto. Realizada em Ouro Preto a mais de 200 anos, tornou se uma tradição da fé afrodescendente.

Fonte: Jornal Voz  Ativa

Carlos Romero

SAIBA MAIS.:  Luanda Leaks

Deixe uma resposta