Deputada mineira é alvo de racismo

De Rafael D’Oliveira  | Bhaz

A deputada estadual eleita Andréia de Jesus (PSOL) foi vítima de ataques racistas nas redes sociais durante a semana. Os comentários ofensivos foram realizados em uma página do evento do qual a parlamentar participou na última terça-feira, conhecido como “Terça à Esquerda”, no bairro Santa Mônica, na região de Venda Nova.

Segundo a parlamentar, um dos comentários ofensivos dizia respeito à sua aparência e a do outro convidado do evento, o filósofo, Markim Cardoso. No print registrado pela deputada, um dos usuários disse que “haverá sabão e shampoo grátis e uma palestra sobre ‘higiene, acredite você também pode’”.

SAIBA MAIS.:  Professor e doutor Babalaô Ivanir dos Santos recebe prêmio em Washington

De acordo com a deputada, outros comentários foram excluídos da publicação, contudo, seus advogados conseguiram registrar prints e vão dar prosseguimento na ação.

“Esse tipo de comportamento está ligado a estereótipos preconceituosos. Por exemplo, o de que mulheres, negros, periféricos etc, são inferiores e não podem ocupar posições de poder. Isso alimenta esses posicionamentos totalitários e autoritários que impedem a evolução da sociedade. A elite não aceita esse tipo de avanço e responde com esse tipo de ação preconceituosa”, disse a deputada ao BHAZ.

SAIBA MAIS.:  Professor e doutor Babalaô Ivanir dos Santos recebe prêmio em Washington

Além da denúncia formal às autoridades, o caso está sendo acompanhando pela Comissão de Igualdade Racial da OAB-MG (Ordem dos Advogados do Brasil) e será criado um grupo de enfrentamento ao racismo, em parceria entre o órgão e frentes de combate, para prevenir ações deste tipo no futuro.

Deixe uma resposta