Elisa Lucinda lança seu segundo romance

Elisa Lucinda escuta vozes interiores. Uma delas recomenda: “edite!”. Assim, nasce o segundo romance da autora: uma prosa poética, que reúne os pensamentos mais livres e plurais de uma brasileira, adulta, negra, que vive os dilemas e paradoxos da sociedade contemporânea. No Livro do Avesso, os pensamentos de Edite, Elisa Lucinda desnuda, com graça e leveza, o íntimo de sua personagem narradora-protagonista.

Edite é também uma aficionada pelas palavras, toma notas de suas vivências e de seus sonhos. Seus pensamentos e memórias são repletos de cores e embalados por músicas; contam de amigos e familiares, questionam tradições e costumes religiosos, reclamam de convenções sociais, apontam preconceitos. Acima de tudo, o livro revela uma intimidade feminina – Edite fala de seus desejos ocultos, por vezes controversos, da mesma forma simples com que aborda seus cuidados rotineiros com o cabelo, a pele, a roupa, a casa.

SAIBA MAIS.:  Exclusivo: as empresas que servem de ‘“barriga de aluguel” dos agrotóxicos

Em uma coleção de mais de cem pensamentos de sua personagem, Elisa Lucinda encontra o jeito singelo de falar de amor, do sexo, da morte, do medo, da saudade. Há, no livro, uma crítica à moral coletiva: passagens do cotidiano por vezes induzem a protagonista a reflexões perturbadoras. E Edite ouve também vozes – suas e alheias – que tentam reprimir instintos mais subversivos.

Para o editor da Malê, Vagner Amaro, a obra permite ao leitor “aproximar-se do que há dentro, no outro, ler o avesso, estranhar com liberdade o próprio pensamento e perceber o comum da vida”.

Livro do Avesso, os pensamentos de Edite será lançado em 7 de maio, às 19 horas, na Livraria Travessa, no Leblon, no Rio de Janeiro.

Sobre a autora:

Natural de Vitória (ES), Elisa Lucinda é poeta, atriz, jornalista, professora e cantora.  Publicou 18 livros. Seu primeiro romance,Fernando Pessoa, o Cavaleiro de Nada, foi finalista no Prêmio São Paulo de Literatura em 2015. Com a coleção Amigo Oculto, de livros infanto-juvenis, foi laureada, em 2002, com o selo Altamente Recomendável da FNLIJ (Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil) pelo título A menina transparente.  No Rio de Janeiro, fundou e dirige a Casa Poema, instituição sócio-educativa, com diversos projetos que visam à formação cidadã e promovem o desenvolvimento da capacidade de expressão.

SAIBA MAIS.:  Quem Samba Fica recebe convidados para aniversário de 10 anos da roda

Sobre a editora:

Inaugurada em junho de 2016, a Editora Malê tem como objetivo a valorização de escritoras e escritores negros e a ampliação da diversidade no mercado editorial brasileiro. Entre seus autores estão expoentes da literatura afro-brasileira como Conceição Evaristo, Cuti Silva e Muniz Sodré, além de novos talentos como Rosane Borges, Cristiane Sobral, Eliana Alves Cruz, Ernesto Xavier, Fábio Kabral, entre outros. A editora também lançou seu próprio prêmio de literatura – voltado a jovens escritores negros – e, a cada ano, publica uma coletânea com os textos vencedores do concurso.

SAIBA MAIS.:  Samba da Cabeça Branca recebe Andréia Caffé para roda em Realengo

SERVIÇO:

Lançamento do Livro do Avesso, os pensamentos de Edite

Data: 7 de maio de 2019

Horário: 19 horas

Local: Livraria Travessa, Shopping Leblon, Rio de Janeiro.

Av. Afrânio de Melo Franco, 290 – loja 205 A – Tel: (21) 3138-9600

Por Afrobrasileiros

Deixe uma resposta