Figurinista é vítima de ataque racial por ter cabelo black power

Foto de Larissa Dias com ataques e ofensas racistas viralizou na internet

chat_bubble_outlinemore_horiz

 (Reprodução/Reprodução)

A figurinista Larissa Dias utilizou sua conta no Twitter para denunciar um ataque racista que sofreu na internet.

Neste sábado (13), Larissa compartilhou uma foto sua tirada sem consentimento que viralizou na web com conteúdo racista.

“Acabaram de me mandar isso, eu estava no metrô indo trabalhar. Nunca vi esse lixo humano na vida, sei lá sabe. Eu vou achar essa racistinha nem que seja a última coisa que eu faça”, escreveu Larissa.

SAIBA MAIS.:  “Medida Provisória” marca a estreia de Lázaro Ramos como diretor de cinema

A imagem, feita no Metrô do Rio de Janeiro, mostra Larissa sentada no vagão com a seguinte legenda que ridicularizando seu cabelo black power: “Tirei essa foto porque não contive ver sozinho. Fico imaginando uma criatura dessa quando acorda com esse cabelo.”

Ver imagem no Twitter

Ver imagem no Twitter

Acabaram de me mandar isso, eu estava no metrô indo TRABALHAR. Nunca vi esse lixo humano na vida, sei lá sabe. Eu vou achar essa racistinha nem que seja a última coisa que eu faça.43,7 mil01:22 – 13 de abr de 201910,3 mil pessoas estão falando sobre issoInformações e privacidade no Twitter Ads

SAIBA MAIS.:  Mortes de jovens negros por arma de fogo crescem 428% em 20 anos

Ao site Universa, Larissa contou que recebeu a imagem que a ridiculariza através de um amigo. Ela também noticiou que pretende agir por meios legais contra o responsável pela publicação.“Vou fazer a denúncia em uma delegacia de crimes virtuais e especifica para crimes de injuria racial. Pretendo levar isso adianta e achar essa pessoa. Eu acho que a gente está num momento em que as pessoas fazem isso achando que não vai dar em nada. Denunciar é mostrar que não pode ser feito. Não é certo. As pessoas merecem ser respeitadas. Ninguém tem o direito de tirar uma foto minha indo trabalhar me xingando. Para mim, a denúncia serve para isso, amedrontar de alguma forma essas pessoas que acham que podem fazer tudo.”Leia mais:Ícaro Silva fala de racismo e sua vontade de transformar a sociedade

SAIBA MAIS.:  Dentista é condenada por racismo: “Não me interesso por gente que nunca chegará ao meu tom de pele”

Deixe uma resposta