Jovens do Capão Redondo participam de Programa internacional

O Programa Adolescente Saudável (PAS) é uma iniciativa da AstraZeneca, implementada pela Plan International Brasil em várias partes do mundo. No Brasil, o PAS é realizado em São Paulo, no Capão Redondo e Grajaú e tem como objetivo contribuir para melhorar a saúde e a igualdade de gênero entre adolescentes e jovens com idade entre 10 e 24 anos.

As ações do Programa já sensibilizaram 200 familiares de adolescentes da região, 109 profissionais de educação e 280 profissionais de saúde. Também foram alcançados/as com a multiplicação dos conteúdos, realizadas pelos adolescentes do projeto, cerca de 12 mil jovens.

(Adolescentes do PAS)

Umas das adolescentes participantes do programa e formada na primeira fase em 2018, falou um pouco sobre sua experiência como adolescente multiplicadora. Rafaele tem 19 anos, atualmente faz estágio e participa das oficinas de outro projeto da Plan, o Escola de Liderança para Meninas, além de estudar francês e espanhol.

Áfricas: Como você ficou do programa e o que mais te chamou atenção para querer participar?

SAIBA MAIS.:  Exclusivo: as empresas que servem de ‘“barriga de aluguel” dos agrotóxicos

Eu fiquei sabendo na casa do Zezinho mesmo, Centro de Juventude que participo. Eu quis participar do PAS por que fala exatamente o que mais me atingia, a saúde do jovem é importante, às vezes ficamos muito afetados e acabamos deixando de lado nossa saúde e o PAS veio nesse intuito de que é importante você parar pra se cuidar.

Áfricas: Participar do programa te ajudou em alguma questão na sua vida?

Sim, me ajudou a perceber o quando a desigualdade de gênero é constante e que é existente e é algo que me atinge, mas eu nem sabia o que era pra poder lutar contra. E isso me ajudou bastante.

Áfricas: De quais atividades você mais gostou de participar?

Eu adorei uma atividade que a gente viu os métodos contraceptivos e teve contato com eles, percebemos que não é nada tão fora da nossa realidade e que podemos usar se quisermos.

Áfricas: Por que é importante falar de temas como comportamentos de risco e gravidez na adolescência para adolescentes e jovens?

SAIBA MAIS.:  Centro Cultural Africano recepciona em São Paulo o maior sacerdote do Culto de Ifá

É muito importante que saibamos que temos como nos precaver se quisermos, na periferia ocorre muito de garotas terem gravidez precoce, a maioria são meninas negras e a maior parte não sabem sabe que tem como evitar por que muitas vezes a informação não chega e quando chega vem cheias de preconceitos. No PAS tratamos como um assunto comum e sem tabu.

Áfricas: Qual o impacto ou importância de programas como esse para adolescentes do Capão Redondo?

É importante falarmos com os jovens sobre tudo, principalmente por que a maioria não tem essas conversas em casa e quando tem na rua aprende de forma errada, muitas vezes também como eu disse a informação não chega e o PAS traz isso. Foi muito acolhedor e sem preconceito e isso também é importante por que assim nos sentimos confortáveis pra conversar.

Para a Rafa a temática de gênero (além da questão racial) é um ponto forte pra suas ações de multiplicação com outros/as jovens. Ela utiliza sempre o primeiro episódio da web série feita pelo programa para multiplicar sobre a temática de gravidez na adolescência. A série é uma campanha desenvolvida pelo programa que tem como objetivo falar sobre comportamentos de risco e gravidez na adolescência, tendo adolescentes do PAS como principais protagonistas (apresentadores/as). O primeiro episódio é sobre gravidez na adolescência e tem como apresentadora a Daniele, adolescente do PAS do Capão Redondo.

SAIBA MAIS.:  Sínodo da Amazônia revela sagacidade política do papa

Assista agora a Serie do Programa Adolescente Saudável:
Saúde no Rolê: Gravidez na Adolescência

Deixe uma resposta