Os governantes que elogiam execuções vão pedir perdão à viúva de Evaldo?

Deixe uma resposta