Passa bem primeiro bebê livre do ebola após mãe contrair a doença


Esse bebê é o primeiro a nascer livre do ebola de uma mãe que já havia sido infectada. Historicamente, as taxas de sobrevivência são muito baixas para mulheres grávidas infectadas com o ebola e seus bebês. Joséphine Ekoli, 28, da República Democrática do Congo, está feliz por ter dado à luz um bebê saudável depois de se recuperar da doença. Ela foi admitida em um centro de tratamento da doença, apoiado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em dezembro de 2018. Acompanhe: bit.ly/ebola-onu

1 comentário Adicione o seu

  1. otacilio disse:

    Nissa gente africana é muito guerreira.

Deixe uma resposta