Samba do Trabalhador celebra o Dia Nacional do Samba no Rio

A roda do Samba do Trabalhador, comandada por Moacyr Luz, faz uma edição especial para comemorar o Dia Nacional do Samba. O evento acontece na segunda-feira, dia 2 de dezembro, a partir das 17h, no Clube Renascença. As entradas custam até R$50.

Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador comandam roda no Clube Renascença

No repertório, composições icônicas dos trabalhadores ociosos como “Som de Prata”, “A Reza do Samba”, “Que Batuque é Esse”, “Estranhou O quê” e sambas marcantes como “Beija-me”, de Roberto Martins e Mário Rossi e “Apoteose ao Samba”, de Silas de Oliveira.

SAIBA MAIS.:  Festa da Bateria do Camisa Verde e Branco

O time é composto por Moacyr na voz e no violão, Gabriel Cavalcante e Alexandre Nunes na voz e no cavaquinho, Álvaro Santos e Mingo Silva na voz e na percussão, Daniel Neves no violão 7 cordas e Luiz Augusto, Junior de Oliveira e Nilson Visual na percussão. O Samba do Trabalhador foi eleito como a melhor roda do Rio de Janeiro pela Revista Época em 2014.

+ Samba Rio: 

Veja também: ‘Show de Verão Mangueira’ traz Leci, Maria Bethânia e Chico Buarque

SAIBA MAIS.:  África do Sul vence concurso de Miss Universo pela terceira vez

Deixe uma resposta