Semana África em São Paulo inicia-se na Feira do Sindiartes

Um Mercado de Áfricas

A África é um continente fatiado em 55 países, atualmente. Fatiado pois foi realizada uma divisão sem respeito a etnias e aos grandes impérios existentes antes da invasão feita pelos europeus.

Mas mesmo assim, o continente ressurge das cinzas do imaginário criado sobre a sua não cultura e tecnologia, extraídas para beneficiar vários países perante o mundo.

Portanto, um Mercado de Áfricas, representa o futuro da humanidade devido as suas riquezas,  culturais, de recursos naturais e humanos.

Da esquerda para á direita, Mohamed Elkhatib, Consul comercial do Egito, Carlos Damata, Vice-presidente do Sindiartes, Carol Lafemina, Secretária Adjunta da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, Rudmira Fula, angolana e jornalista, Otunba Adekunle, nigeriano presidente do Centro Cultural Africano, Leandro Gimenes, presidente do Fórum do Artesão e Chefe de Gabinete do vereador Claudinho de Souza, Shanaaz Ebrahim, Consul Comercial da África do Sul, Rui Mucaje, angolano, presidente da Afrochamber

Mas aqui no Brasil, não faltam esperanças para este reconhecimento, porque devido ao processo cultural deixado pelos colonizadores no pais, criou-se um anteparo ao reconhecimento da benefica e rica herança aafricana na formaçào de nosso Brasil. Sendo assim, governo brasileiro, empresários, empreendedores, vamos acordar para as oportunidades de investimento e negócios  no continente africano.

SAIBA MAIS.:  Aos 11 anos, Jonah Larson faz sucesso com crochê, ensina online e recebe 4 mil pedidos de encomendas

Abaixo release do evento.

Da esquerda para direita, Verônica Machado, assessora técnica – CDE, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, Nohamed Elkhatib, Consul Comercial do Egito, Rui Mucaje, presidente da Afrochamber, Shanaaz Ebrahim, Consul Comercial da África do Sul, Carol Lafemina, Secretária Adjunta da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, Leandro Gimenez, Fórum do Artesão e chefe de Gabinete do ereador Claudinho de Souza, Silvana Gonçalves, Otunba Adekunle e Regina Cavenaghi

no espaço da Asouan Wadja, – Assouan Art’s, do Senegal, que é a primeira mulher da direia para esquerda. Os outros descritos nas fotos acima

“I Feira Sindiartes no Mercado Municipal recebe a “Semana África”
Em comemoração ao dia 25 de maio, dia da libertação africana, a feira recebe artesãos de outros continentes para um intercambio cultural
O Sindiartes – Sindicato dos Artesãos do Estado de São Paulo receberá a “1ª Semana África” que acontecerá de 18 a 25 de maio, como parte integrante da 1ª Feira Sindiartes no Mercado Municipal .
A solenidade de abertura acontecerá no dia 18 de maio, às 11h, com a presença e pronunciamento das autoridades parceiras: S. Exa. Mohamed Elkhatib – Cônsul Comercial do Egito No Brasil; Otunba Adekunle Aderonmu – Presidente do Centro Cultural Africano e Rui Mucaje – Presidente da Afrochamber que acontecerá na Sala Gourmet, no mezanino.
O evento, em homenagem ao “Dia da África”, trará peças que compõem o artesanato do continente africano, réplicas do busto de Nefertite e de Tutankamon, além de oficinas e palestras que promoverão o intercambio de conhecimento.
A programação das oficinas estarão no Facebook do Sindiaertes https://www.facebook.com/Sindicatodosartesaos/
A I Feira Sindiartes no Mercado Municipal está reunindo cerca de 60 expositores entre iniciantes e veteranos que atuam há mais de 20 anos em pontos estratégicos da cidade de São Paulo com as mais diversas criações que vão desde luminárias em canos de PVC esculpidos até bijouterias feitas com elementos retirados da natureza, como sementes caídas das árvores, cipós, entre outros.

SAIBA MAIS.:  Fabio Kabral lança “A cientista guerreira do facão furioso”, seu segundo romance afrofuturista pela Editora Malê

 

 

Serviço:
I Feira Sindiartes no Mercado Municipal recebe a “Semana África”
De 18 a 25/05
Horário: das 9h às 16h
Entrada Franca”


O post Semana África em São Paulo inicia-se na Feira do Sindiartes apareceu primeiro em Instituto Portal Afro.

Portal Afro

Deixe uma resposta